Ficção, Poesia e Inéditos

Quarentena dia 140 - Seca, árida e salgada pelas lágrimas
05/08/2020
Quarentena dia 140 - Seca, árida e salgada pelas lágrimas
Entregar o manuscrito foi massa. Mas também cansativo. O momento do ponto final, da última frase, foi catártico. Apenas um vazio, um derrubar de ombros e a consciência do
Assine gratuitamente a newsletter * Fabrina com F * e receba toda semana o puro suco dos blogs da década de 2000. Narrativas, anginas, digressões, resenhas e comentários feitos por uma mulher que escreve.
Fabrina Martinez - Escritora, poeta, jornalista.

Fabrina Martinez - Escritora, poeta, jornalista.

Proac